Posts

Belleflux: Dicas para assegurar o fluxo de água das suas calhas

No projeto de construção de um prédio, uma das preocupações dos engenheiros e arquitetos é a instalação do sistema de calhas. Às vezes, esquecemos-nos delas, mas as calhas são fundamentais para a estrutura externa dos imóveis, especialmente em um país tropical como o Brasil, que possui chuvas torrenciais várias vezes por ano. Aqui o escoamento adequado da água é indispensável para que as casas ou apartamentos não enfrentem dificuldades.

 

O problema é que o escoamento eficiente só é possível quando as calhas estão bem limpas e esta não é uma tarefa simples. É bastante comum que ocorra o acúmulo de folhas, frutos, sujeiras e diversos tipos de materiais, comprometendo o funcionamento e causando entupimentos que podem gerar sérios prejuízos.

Além disso, outro problema pode prejudicar não só o morador, mas toda a comunidade é a proliferação do mosquito da dengue, o Aedes aegypti, que também transmite zika e chikungunya. As calhas entupidas ou mal projetadas são umas das grandes vilãs de problemas em casas em períodos chuvosos.

Poucas pessoas sabem ao certo como realizar a manutenção das calhas, mas com as dicas certas, é possível fazer isso de maneira prática e eficaz. Saiba como a seguir:

 

Imagem: Pixabay

Assegurando o fluxo da água

Para evitar que folhas e outros materiais entrem pelo condutor e obstruam a passagem da água captada pelas calhas, deve-se instalar uma tela de alumínio sobre a entrada do condutor. O mesmo tipo de tela é utilizado nos “tapa pardais”, colocados no vão entre as telhas e o madeiramento da casa para impedir a instalação de ninhos de passarinho no local.

 

Limpeza de calhas

Mesmo com a instalação de telas de alumínio, é possível que ainda entrem algumas sujeiras, por isso, é importante a realização de uma vistoria e uma limpeza periódica das calhas. Para remover sujeiras que estejam aderidas à calha, recomenda-se o uso de esponja e de um detergente leve.

 

Defina a frequência ideal de limpeza

Higienizá-las de três em três meses é um espaçamento bem razoável e que pode garantir que a água flua sem maiores problemas e seu imóvel fique a salvo. No entanto, vale lembrar que especialmente em casas cercadas de muitas árvores, sobretudo as folhosas e frutíferas, pode ser necessário ter um intervalo menor entre as limpezas. Dependendo do tipo de vegetação e da posição em relação ao imóvel, pode ser necessário até podar constantemente os galhos mais próximos da calha.

 

Saiba como limpar

Já sabendo o tempo de intervalo ideal para fazer a limpeza, é hora de aprender efetivamente como se dá esse processo:

1 – Para começar, você precisa ter uma escada de boa qualidade, que garanta estabilidade e segurança para que você consiga executar o serviço.

2 – Então, é hora de posicioná-la junto ao beiral do telhado, com todo o cuidado.

3 – Você pode até fazer a remoção com as mãos, mas o ideal é contar com uma luva (de preferência de borracha), uma pá de plástico ou pincel e um balde para ir juntando os resíduos que encontrar.

4 – Então, vá retirando todo tipo de sujeira que se encontra ali, colocando no balde, para depois descê-lo.

5 – Tendo passado dessa etapa, é preciso ter uma mangueira que possua boa pressão para que você a introduza nos condutores e lance jatos d’água de alta pressão para a remoção da sujeira mais fina e difícil, como pó e pequenos pedaços de folhas e frutos.

 

Cuide para não se machucar

Evite ficar se curvando para o lado ou jogar todo seu peso em uma direção. Isso pode fazer com que você perca o equilíbrio e caia. Sapatos com solado bem aderente são uma ótima pedida para essa situação.

 

Conte com ajuda profissional se necessário

No caso de sobrados e edifícios, a história é outra. Se você tiver fácil acesso pelo terraço, contando com ótimas condições de segurança, é possível proceder de forma parecida com a das demais residências, fazendo a limpeza manualmente com a pá ou pincel e depois lançando o jato d’água.

Caso a estrutura não permita um acesso fácil e completamente protegido, não hesite em contar com ajuda profissional, pois o serviço irá requerer cuidados extremos com os procedimentos de segurança.

 

 

Belleflux: Complementos em arte metal

Com tradição em oferecer produtos de qualidade para a condução de fluxos de água da chuva, de fumaça e de odores, a Belleflux é uma empresa localizada no município de Palhoça, na Grande Florianópolis. Ela foi fundada no ano 2000, com o nome Calhas Sul, a empresa passou por um reposicionamento de marca em 2010, para refletir de forma atualizada sua identidade e área de atuação.

Ela é especializada na fabricação de calhas, coifas, dutos, exaustores e outras peças em metal que aliam funcionalidade a estética, mantendo a unidade arquitetônica das construções. Os produtos de alta qualidade técnica e acabamento refinado são reflexos do trabalho de uma equipe qualificada, preparada para atender cada cliente com a solução mais adequada a seu caso.

Os clientes da Belleflux podem pedir orçamentos sob medida e sem compromisso. A instalação é feita por pessoal especializado, o que garante a eficiência das soluções. Sua dedicação e o compromisso com o cliente ao longo dos anos fizeram da Belleflux uma empresa reconhecida no mercado e indicada por profissionais da área, clientes e fornecedores.

Aqui neste LINK você encontra as informações de contato e a localização da Belleflux, nossa empresa parceira, registrada no CREA-SC.

 

Fontes:

Porto Seguro / Jornal O Diário

Costão Sul Imóveis: O que há de melhor na ilha da magia

A temporada de verão começou e, como de costume, já podemos ver um grande número de turistas na região. Eles vêm ao litoral a procura de todas as belezas que a Ilha da Magia tem a oferecer. São 42 praias – ou 100, como afirmam alguns moradores – que encantam quem trabalha o ano inteiro e reserva as suas férias para aproveitar tudo o que a cidade tem a oferecer. Além das praias, há diversas opções de lazer, como praças, baladas, restaurantes, bares, etc. Outra importante atração é o evento de Réveillon, algo que encanta e diverte a todos.

Imagem: Petra Mafalda

 

Para esta temporada, a expectativa é que Florianópolis receba 1 milhão de turistas vindos de outros estados brasileiros e mais 500 mil estrangeiros. E para recebê-los bem, a prefeitura de Florianópolis divulgou uma estimativa do que os moradores e turistas poderão esperar em termos de infraestrutura, segurança, transporte, turismo, saúde e educação.

Durante o lançamento da operação de verão, o prefeito Gean Loureiro informou que o município irá investir, só na temporada, cerca de R$ 5 milhões. Esse investimento cobre as adaptações para garantir a acessibilidade dos turistas, a instalação de chuveiros nas praias, a instalação de câmeras de segurança, a contratação temporária de médicos para atender nas Unidades de Pronto Atendimento, a recuperação dos acessos às praias (destruídos pelas ressacas) e a realização dos eventos de Réveillon, além de outros investimentos.
Os empreendedores locais também garantem diversas opções de diversão aos turistas. Na região sul, há diversos bares, pubs e bistrôs, com música ao vivo, transmissão de jogos e comidas típicas deliciosas. Para quem só quer beber e relaxar, há diversas opções de chopes e cervejas artesanais, algumas produzidas na ilha.

Imagem: Wikipédia

 

Esses tipos de estabelecimentos também são bastante famosos e frequentados por turistas nos entornos da Lagoa da Conceição. E além das opções mais boêmias, a paisagem pode – e deve – ser apreciada. Na rodovia Admar Gonzaga, há mirantes para ver a região e, é claro, a lagoa, principalmente em dias ensolarados.

Mais ao norte está Santo Antônio de Lisboa, bairro que abriga a primeira via calçada de Santa Catarina, na praça Roldão da Rocha Pires, do século 19. Próximos a ela, há restaurantes com mesas ao lado da faixa de areia, onde você pode sentar e pegar sol observando os barcos no mar.

Já em Jurerê, um bairro repleto de imóveis de alto padrão e baladas, a praia atrai centenas de milhares turistas todos os anos. Organizada, sem multidões e com uma atração histórica numa de suas pontas: a Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Construído no século 18 como parte do sistema de defesa da ilha (local aberto à visitação).

Conhecer todas essas belezas e não se imaginar morando em Floripa (como é carinhosamente chamada a cidade) é praticamente impossível. É um verdadeiro polo turístico, mas o que muitos não sabem, é que Florianópolis também se tornou nos últimos anos um polo tecnológico, com mais de 900 empresas de tecnologia que, juntas, trazem um faturamento de 5,4 bilhões de reais.

Imagem: Freepik

 

A demanda por profissionais da área da tecnologia ultrapassa a oferta de formados nas instituições de ensino locais e buscar profissionais qualificados em outras cidades tem sido a solução para algumas empresas. Profissionais também encontram boas oportunidades fora da área de tecnologia, nas chamadas áreas de apoio do negócio. Precisa-se de gente em todas as áreas e em todos os níveis. Existem diversas vagas na área financeira, de atendimento, recursos humanos, entre outras. E essas boas pespectivas são vistas como uma gota de esperança em meio a crise que assola o país nos últimos tempos.

Esta cidade, que une as belezas naturais ao urbanismo de uma capital, cresce cada vez mais em diversas áreas, fazendo com que o desejo de morar seja algo muito comum e compreensível, e o crescimento populacional no último ano reflete isso. Em 2016 eram 477.798 moradores e em 2017 esse número subiu para 485.838 pessoas, segundo o IBGE.

Portanto, deixamos aqui o convite para você vir pra cá, sozinho ou acompanhado, curtir o que há de melhor na ilha da magia. E se você leu essa matéria e conhece – ou pretende conhecer – Florianópolis, saiba que a cidade está de braços abertos, com diversos imóveis esperando por você.

 

 

Costão Sul Imóveis – Encontre o imóvel dos seus sonhos

A Costão Sul está a 10 anos no mercado, ajudando as pessoas em seu sonho de morar no Sul da Ilha. Ela é uma imobiliária que trabalha com vendas de apartamentos, casas, galpões, hotéis, pousadas, salas comerciais e terrenos; além das locações de apartamentos, casas e terrenos.

 

No site da empresa, você encontra fotos, descrições dos imóveis e os seguintes serviços:

 

  • Cadastro de proposta
  • Financiamento e bancos
  • Transferência de imóveis – Custas e Documentos
  • Viabilidade de Construção – Entenda
  • Dicas para regularização de água potável e energia elétrica – Instalação.

 

Aqui neste LINK você encontra as informações de contato e a localização da Costão Sul Imóveis, nossa parceira pioneira no Catálogo Empresarial CREA-SC.
Fontes:

Revista Exame / Clic RBS / Folha UOL / Notícias do Dia

Reuso de água da chuva é obrigatório em Florianópolis

Ter um sistema de captação de água das chuvas para reuso é um benefício para a natureza e para o seu bolso!

Atenção especial para proprietários e administradores de edificações comerciais e residenciais de Florianópolis: se tiverem mais de 200 m² de área construída são obrigados por lei a captarem as águas pluviais para reuso nestes empreendimentos.

A nova lei entrou em vigor na capital catarinense em março de 2016 e a Casa da Cisterna está preparada para atende-lo. Esta é uma empresa que você encontra no Catálogo Empresarial CREA-SC produzido pela EBGE-SC que ajuda empresários a promover novos negócios diariamente.

Acesse o site e solicite um consultor. Conheça todo o potencial do mercado catarinense exclusivamente no Catálogo Empresarial CREA-SC.

EBGE Santa Catarina
www.ebgebrasil.com.br/crea/sc/
Telefone: 48 3031-3838

Fonte: As Boas Novas