Bloco Cerâmico ou de Concreto, qual é a melhor opção? – TupiGuarani

Bloco Cerâmico ou de Concreto, qual é a melhor opção? - TupiGuarani

Durante a realização de um Projeto de Construção Civil, é necessária a análise de diversos fatores. Na parte Estrutural do projeto, surgem muitas dúvidas, principalmente na escolha dos materiais que serão utilizados. As opções mais populares, neste caso, são o bloco cerâmico e o bloco de concreto. Para saber qual é o ideal para você, continue lendo.

Os fatores que devem ser levados em conta são a resistência, a segurança e a durabilidade. Nas estruturas, a preferência é pelos materiais de maior resistência, que exigem menores esforços e gastos de manutenção.

Cada material tem um ciclo de vida diferente, com prazos específicos para sua aplicação. Materiais como cimento, concreto e areia, geralmente, são comprados antes do início da obra. Isso evita a queda de eficiência, principalmente devido ao empedramento.

O bloco para alvenaria estrutural é outro elemento importantíssimo, pois, ele define a resistência da estrutura e a coordenação modular dos projetos. Como já foi dito, na construção civil, o bloco de concreto e o bloco cerâmico são os mais utilizados.

Os modelos de blocos variam em tamanho, disposição dos furos e textura, além das propriedades físicas e mecânicas. E para avaliar os aspectos ambientais e os potenciais impactos associados ao ciclo de vida desses materiais, é realizada Avaliação do Ciclo de Vida (ACV).

Bloco Cerâmico ou de Concreto, qual é a melhor opção? - TupiGuarani

Importância da Avaliação do Ciclo de Vida em seu projeto

A ACV avalia produtos, processos ou serviços desde a extração de matérias-primas, passando pelas etapas de transporte, produção, distribuição e utilização até seu descarte final.

Além disso, a Avaliação do Ciclo de Vida também ajuda na identificação de possíveis melhorias ao longo do ciclo de vida do produto e no fornecimento de dados ambientais complementares e informações úteis para as tomadas de decisão.

O setor de cerâmica vermelha foi o primeiro, em toda a cadeia da construção civil brasileira, a se dedicar ao estudo completo do impacto ambiental do ciclo de vida de seus produtos e a publicá-lo.

Sendo que a canadense Quantis foi a escolhida para desenvolver o estudo. Através dos métodos utilizados, foi possível reafirmar as principais vantagens destes produtos naturais e identificar aspectos que podem evoluir na sua produção.

Para ajudar o consumidor a escolher o produto que menos agride o meio ambiente, foi realizada a ACV dos produtos cerâmicos em comparação aos equivalentes de concreto. Confira os resultados desse estudo a seguir.

Resultados da ACV dos Blocos Estruturais

Segundo os estudos realizados pela Quantis, as paredes que utilizam o bloco cerâmico têm menos impacto nas Mudanças Climáticas do que seus equivalentes de concreto. Veja o por quê.

A emissão de gases de efeito estufa de 1m² parede de blocos cerâmicos é de aproximadamente 50% do m² em bloco de concreto e cerca de 34% de 1m² de parede de concreto moldado in loco.

Isso acontece, principalmente pelo fato de que o bloco cerâmico utiliza, em sua fabricação, fontes de energia renovável, como cavaco de madeira e biomassas descartadas pelas indústrias, ajudando a limpar o meio ambiente, com a redução das emissões de metano.

As paredes de blocos cerâmicos impactam menos nos esgotamento de recursos naturais não renováveis. Elas consomem 43% menos destes recursos que uma parede de bloco de concreto e por volta de 63% menos do que é consumido por uma parede de concreto armado moldado in loco.

Outro dado importante fornecido por este estudo é de que 1m² de parede feita de blocos cerâmicos necessita de 24% menos água que 1m² de parede de blocos de concreto e 7% menos do que a parede de concreto moldado in loco. No caso da parede cerâmica, o consumo de água deve-se sobretudo à utilização da argamassa e não ao blocos.

Podemos concluir, definitivamente, que o bloco cerâmico é a melhor opção em um Projeto de Construção Civil. Sabendo disso, a TupiGuarani, empresa que está há 50 anos no mercado, vem se especializando em produzir blocos cerâmicos de qualidade, com baixo custo e satisfação para os clientes.

Fontes:
Anicer

Mapa da Obra
Atex Brasil

 

Bloco Cerâmico ou de Concreto, qual é a melhor opção? - TupiGuarani

Contando com uma equipe de 120 colaboradores, a empresa vem crescendo e ampliando o seu mercado no sul do Brasil, fruto de muito trabalho, dedicação e compromisso, além da confiança depositada pelos seus clientes.

Com duas unidades fabris e um centro de distribuição no oeste catarinense, a empresa atende toda a região sul do Brasil, com uma produção de mais de 6 milhões de peças por mês, possuindo processos com tecnologia de ponta e uma equipe de engenheiros e técnicos qualificados.

Conheça neste link todas as informações de contato da TupiGuarani, empresa parceira do Catálogo Empresarial CREA-SC.

Matéria escrita por: Felipe Nascimento

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *